Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Como fazer manutenção das Barras Olímpicas?

Como fazer manutenção das Barras Olímpicas?

Manter uma rotina de manutenção periódica e preventiva, é uma das principais formas de garantir a longevidade dos seus equipamentos e com isso, proteger o seu principal investimento.

Aqui, é importante destacar que a leitura do manual, descrição e orientação do fabricante do equipamento é primordial para garantir que você não vai faça nenhuma besteira, e acabe danificando o seu equipamento, ok?

Dito isso, voltamos para o assunto principal deste blogpost: Como fazer a manutenção das Barras Olímpicas, um dos principais equipamentos de academias e boxes de CrossFit.
Esse material traz dicas e um passo a passo, que eu tenho certeza será muito útil para você. Então, leia com atenção e mãos a obra!

3 principais problemas em Barras Olímpicas

Existem 3 principais problemas em Barras Olímpicas que incomodam os proprietários de Academias e Boxes de Crossfit:

  • Barras que entortam
  • Trava ou desencaixe de rolamentos das mangas das barras
  • O surgimento de sinais de oxidação

Dos 3 problemas que listamos, apenas o terceiro responderá bem às nossas dicas de manutenção periódica e preventiva. Os dois primeiros são questões que você conseguirá prevenir no momento de escolher os seus equipamentos.
Essa questão é tão importante que iremos abordar aqui no post, mas recomendamos a leitura de outro post, que aborda especialmente esse assunto: Como escolher as melhores Barras Olímpicas para CrossFit e LPO.

A manutenção preventiva e periódica em Barras Olímpicas prolonga a vida útil do equipamento, principalmente, quanto ao surgimento de sinais de oxidação (ferrugem), que está relacionado à estética e aparência do produto.
Dos 3 problemas, este com certeza é o menor deles, pois não prejudica a parte estrutural da barra e não inutiliza o equipamento. Ou seja, o seu equipamento, mesmo oxidado, pode tranquilamente continuar sendo utilizado nos treinos.

Mas, fique atento em realizar as dicas de manutenção das Barras Olímpicas, pois geralmente os fabricantes não oferecem garantia quanto ao aparecimento de sinais de ferrugem, já que a prevenção é feita através de cuidados específicos, e trata-se de um processo natural de deterioração.
Mais abaixo vamos detalhar como você pode realizar estes cuidados periodicamente para prevenir esta depreciação estética.

Barras que entortam

Este é o primeiro item, da nossa lista de problemas, e o risco das Barras Olímpicas de empenar é o mais preocupante, pois é o único que poderá inutilizar de fato o equipamento.

O investimento em barras olímpicas muitas vezes representa em média 30% do valor total investido nos barra olímpica femininaequipamentos que compõe um Box de CrossFit. Assim, o reinvestimento nesse equipamento pode impactar negativamente a saúde financeira do seu negócio, sem contar o risco da integridade física do praticante.

A única forma de estar seguro em relação a este problema, é adquirindo barras olímpicas que possuam tratamento térmico, ou ficar muito atento as especificações, as orientações de uso e limites de capacidade de peso do fabricante.

As Barras Olímpicas que possuem tratamento térmico, são equipamentos que podem durar para sempre. Para saber mais sobre o que é tratamento térmico e suas vantagens leia o post que fizemos falando especialmente sobre o tema: Saiba a importância do Tratamento Térmico das Barras Olímpicas.

E aí, aproveitamos para uma dica: a D1Fitness é uma marca reconhecida na fabricação de barras olímpicas e possui modelos com tratamento térmico. Confira a linha toda aqui.

Rolamentos das Barras Olímpicas

Com relação aos rolamentos, os dois riscos são: os rolamentos podem travar ou desencaixar. Em ambos, se o produto estiver dentro do prazo de garantia você deve solicitar algum suporte técnico ou orientação do que fazer, pois na maioria das vezes é algo simples de ser resolvido.

Se os rolamentos travaram, é um caso desconfortável, mas que não inutiliza o equipamento. Agora, se a manga da barra olímpica desmontou, infelizmente, até você arrumar ou solicitar algum suporte técnico você terá uma barra a menos no seu Box.

Dependendo do tipo de rolamento utilizado na fabricação, a necessidade de manutenção pode ser menos recorrente ou até mesmo inexistente.

Rolamentos tipo agulha são os mais eficientes, mais resistentes, ideais e os que menos precisam de manutenção.

Sinais de oxidação em Barras Olímpicas

Com relação ao surgimento de sinais de oxidação (ferrugem), fique atento às dicas que daremos a seguir.

A oxidação do ferro, popularmente conhecida por ferrugem é um fenômeno natural de deterioração. A corrosão dos metais é um processo químico, em que um metal perde elétrons em contato com agentes naturais, como o oxigênio e a umidade. Na prática, o suor e o pó de magnésio usado para não escorregar as mãos nos exercícios são altamente corrosivos.

Ambientes úmidos ou cidades próximas ao mar estão mais expostas ao aparecimento de oxidação de forma precoce.

Pinturas zincadas e acabamento em cromo podem proteger e retardar o aparecimento de pontos de ferrugem por proteger o contato desses agentes corrosivos diretamente no aço.
Importante: o aparecimento de pontos de ferrugem é um processo natural de qualquer aço quando em contato com agentes corrosivos, mas, não inutiliza o equipamento.
Conforme falamos no início deste post, ocorre apenas uma depreciação estética do equipamento.

Vamos as dicas:

  • Manter as barras sempre limpas, removendo completamente suor e magnésio com regularidade (de preferência diariamente);
  • Não utilizar água na sua limpeza;
  • Remover gordura da sua superfície com álcool puro, deixando secar naturalmente;
  • 1 vez por semana utilizar uma escova de nylon e W40 para remover pontos de oxidação;
  • Cobrir as superfícies levemente com óleo mineral ou outros líquidos lubrificantes, como por exemplo, W40;

 

Coloque a manutenção preventiva na rotina de serviços do seu Box de Crossfit ou Academia. Essa é a melhor forma de proteger o seu investimento e garantir vida longa aos seus equipamentos.

Se você gostou deste blogpost clique aqui, e encontre mais informações úteis sobre o universo do CrossTraining para você.

Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (96% score) - 1 vote